top of page
Buscar
  • Foto do escritorScheila Adriane

Três desejos concedidos. Por Inelia Benz


Este é um exercício concebido para romper a névoa de desconexão que enfraquece o indivíduo de sua energia central.

É um exercício que dei aos meus alunos em WalkWithMeNow.com e SubscribeStar.com/inelia-benz há algumas semanas, a fim de trazer maturidade à nossa exploração da cocriação da realidade.

Todos nós vimos os filmes, lemos as histórias e vimos como a realização de desejos pode ter consequências prejudiciais e destrutivas para as nossas vidas. E em todos esses filmes, pelo menos em todos os que assisti, os desejos são atendidos por um ser externo.

Essas histórias entregam o poder da pessoa a uma divindade externa, ou Jinn, ou Fada Madrinha, ou... você pode adicionar a fonte externa aqui. E geralmente são temporários ou têm um preço alto. Além disso, muitas dessas entidades parecem querer enganar a pessoa de uma forma ou de outra, ou estabelecer regras muito rígidas na hora em que o desejo é concedido.

Para este exercício, entretanto, você deverá conceder a si mesmo três desejos: nenhum truque, nenhuma brincadeira, nenhum preço a pagar. Agora que você conhece as regras, como são esses desejos?

Muitas vezes, quando jogo este jogo com outras pessoas, os desejos são mais ou menos assim:

“Um bilhão de dólares, uma linda esposa, uma enorme mansão.” Alternativamente, alguns dizem coisas como “paz mundial, fim de doenças no mundo, iluminação mundial”.

Então eu digo: “OK, realize esses desejos”, e a pessoa me olha perplexa. Veja, eles sabem inerentemente que não podem fazer isso porque (adicione um motivo aqui). Eles inconscientemente pensaram que alguma outra entidade estava realizando os desejos. Poderia ser Deus, o Universo, a Consciência Divina, Gaia, o Coletivo Humano de Alta Frequência, Inelia Benz... sim, eu, ou algum outro ser que eles acham que é mais poderoso do que eles.

Principalmente, a razão pela qual os desejos são tão grandiosos é que se a pessoa abrisse mão de seu poder, em outras palavras, esperasse que alguma outra entidade lhe concedesse os desejos, essas grandes coisas seriam possíveis e ilimitadas. Mas se eles concedessem os desejos a si mesmos, então os resultados se tornariam limitados e essas grandes coisas se tornariam impossíveis.

E esta é a dinâmica que eu quero que você compreenda. Acima, a primeira lista foi alcançada por inúmeras pessoas ao redor do mundo. Portanto, poderíamos muito bem dizer que é possível alcançá-los. A segunda lista é tão egocêntrica que ninguém conseguiu.

Por que a segunda lista é a egocêntrica? Parece ser altruísta certo? É egocêntrico porque exige que um planeta inteiro de pessoas mude o seu livre arbítrio e as suas escolhas pessoais para caber na lista de desejos de uma pessoa. Não só impossível devido à lei do livre arbítrio que temos neste Universo, mas também limitado em âmbito e visão.


Voltemos à primeira lista, aquela em que a pessoa quer ter bilhões de dólares, uma esposa linda e uma mansão enorme.

Esta lista não se baseia tanto na realidade, mas em inúmeros filmes e histórias com as quais a pessoa cresceu. É assim que se parece a “Vitória” definitiva de uma pessoa num país ocidental. Não é menos impossível do que a segunda lista, e dá a sensação de que “ se eu pudesse conceder-me três desejos, estes seriam eles”, em vez de “ estou a conceder-me três desejos”.

“Ah, você quer dizer que eu deveria me conceder três desejos que posso realmente realizar?” A pessoa acabará percebendo.

"Sim."

“Quero um aumento no trabalho, dissolver meus programas de não ser digno de uma esposa bonita e encontrar uma casa perfeita de três quartos nas montanhas.”

“OK, conceda a si mesmo esses três desejos.”

"OK. Vou começar a trabalhar nisso.

“Apenas faça isso, conceda-lhes.”

"Mas…" E segue-se uma longa conversa sobre por que eles não podem realizar os três desejos que decidiram. Até que eventualmente cheguem ao ponto de realização de que os desejos têm de se enquadrar num prazo e num enredo que sejam credíveis para eles e para os seus co-criadores. Quando isso acontece, os seus programas de limitação fazem sentido e podem ser mantidos ou liberados à vontade.

Já vi pessoas realizarem seus desejos finais? Sim, mas ainda não vi alguém realizar três desejos instantaneamente naquele mesmo segundo. Essas coisas precisam ser orquestradas com seus cocriadores (o Universo) por pelo menos alguns minutos.

O objetivo deste exercício é avançar naquilo que você veio aqui para fazer, experimentar e criar, em vez de passar a vida esperando que outros lhe dêem coisas e realizem seus desejos. É por isso que você está lendo isto, porque está pronto para realizar seus desejos.

Quando removemos a divindade externa, ficamos com nós mesmos, bons conselhos e aliados magníficos .

Exponha suas ideias com pelo menos cinco pessoas que você escolher e em quem possa confiar para apoiar sua vida de frequência mais elevada. Organize um grupo de estudo, analise os itens e co-crie.

Espero ver muitos entrando na idade adulta por aqui 🙂


Fizemos o nosso trabalho, agora faça o seu e compartilhe :) Telegram da Inelia em Português: https://t.me/ineliapt



Tradução: Scheila Adriane


87 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
bottom of page