Buscar

Temporada de Férias e a Divisão, por Inelia Benz


No momento da redação deste artigo, estamos em novembro de 2021. Tivemos um ano e meio de loucura em todo o planeta. Uma loucura que não é maior do que antes, mas certamente mais visível.

Este final de ano, enfrentamos uma situação maior do que não nos darmos bem com nossos parentes e amigos de baixa frequência. Estamos em uma situação em que nossos corpos e mentes estão literalmente em perigo se tentarmos explicar a eles que o que estão fazendo é errado. Se a saúde do seu corpo estiver comprometida, há dados nos sites do fabricante da vacina que indicam que você corre o risco de ficar muito doente ao ingerir partículas de pele, respiração e outras partículas de vacina lançadas em seu corpo.

No início deste ano, vi e anunciei que o verdadeiro motivo por trás da pandemia de injeções seria divulgado durante o mês de outubro de 2021. Na verdade, foi exatamente isso o que aconteceu. Muitos ao redor do mundo viram porta-vozes que eles seguem, dizendo ao mundo que as vacinas estavam aqui para matá-los. Ponto. Eu também vi que, ao mesmo tempo que a verdade seria divulgada, culpar os não-vacinados pelas mortes de milhões seria fortemente promovido. Isso também aconteceu.

Agora, o efeito que os promotores da dor e do sofrimento queriam era que uma onda massiva de choque e desgosto atingisse o coletivo humano. Eles precisam que essa onda venha, e precisam muito dela. No entanto, o coletivo humano é mais sábio do que qualquer uma de nossas mecanizações. O desgosto não atingiu o grau que eles precisavam. E a quantidade de violência e pressão que eles queriam que os não-vacinados sofressem também não ocorreu.


Você pode se perguntar: "por que essas coisas não escalaram?" Eu sei que eu questionei.

Quando olhei, parecia que a resiliência do coletivo elemental do corpo humano é grande. E, criar ondas tão poderosas e negativas na Terra não é algo que qualquer ser de luz deseja, incluindo aqueles que receberam a injeção. Então, eles estão ignorando as informações e optando por ainda acreditar nas mentiras que lhes foram contadas. Eventualmente, as informações serão aceitas, mas isso acontecerá em pequenos grupos de cada vez. Nem tudo de uma vez. A onda de desgosto se espalhará em pequenos incrementos, não uma enorme onda de dor e medo em todo o mundo de uma vez.

O que tudo isso significa para nós durante a temporada de férias deste ano? Significa que, se sua saúde estiver comprometida, é melhor não passar tempo físico com um grande número de indivíduos vacinados. Isso significa que se você tiver que fazer isso, independentemente, você precisa educar-se em maneiras de apoiar o seu sistema imunológico de forma maciça neste momento.

Isso também significa que você não deve, em nenhuma circunstância, entrar em discussões com seus amigos e parentes sobre a questão da vacina. Isso alimentará o paradigma de baixa frequência e tornará aqueles que o escolheram mais fortes e você mais fraco. Sim, se você entrar em discussões, ficará mais fraco e mais vulnerável à doença.

Um dos estudiosos budistas cujo trabalho acompanhei disse que existem três inimigos poderosos da iluminação. São eles: Medo, Raiva e Estupidez.

Esses três inimigos são aqueles que você não deve permitir nesta época de festas. Você deve processar seu medo e não se alimentar ou ser alvo do medo de outras pessoas. Você deve processar sua raiva e sair da retidão (necessidade de estar certo). A raiva colocará em perigo a sua saúde e a deles. E estupidez, você NÃO PODE DISCUTIR COM ESTUPIDEZ. Não se deixe levar por ela.

Se lhe disserem que a pessoa foi vacinada e está orgulhosa disso, diga a ela: “Eu entendo. Obrigado por me avisar." E mude de assunto. Não diga que não, e se eles perguntarem, você pode dizer: “Estou pensando nisso tudo”. Isso é verdade, você está pensando nas pessoas sendo picadas e no que está acontecendo com elas. Eles vão entender que você está em dúvida sobre isso e podem pressioná-lo a fazê-lo. Acene, agradeça a eles e mude de assunto. A todo o momento, MUDE DE ASSUNTO.

Se você entrar no julgamento, lembre-se de que a vacina é uma forma de as pessoas cumprirem a decisão que tomaram em 2011, quando todos tiveram a opção de permanecer em um Paradigma Baseado no Medo ou em um Paradigma de Alta Frequência. Quer as pessoas acreditem ou não na existência de um vírus, quer acreditem ou não nas vacinas, todas essas coisas são irrelevantes. O que é relevante é qual paradigma eles escolheram e que ações estão realizando para permanecer nesse paradigma ou sair dele. Seu eu superior sabe o que é melhor, respeite isso.

Com isso dito, se você seguir sua expressão de frequência mais elevada, o Coletivo Humano apoiará sua escolha e permitirá que você orquestre experiências incríveis e amorosas com seus entes queridos de uma forma segura, amorosa e cheia de luz.

Aproveite este fim de ano, incorpore o novo paradigma a cada segundo de cada dia, faça seu trabalho e junte-se a outros para criar uma sociedade e um mundo iluminados.

Fonte: https://ineliabenz.com

Tradução: Scheila Adriane

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram