Buscar

Sobre a criação consciente da realidade, por Inelia Benz


Não caminhamos na realidade, concordamos com o que é a realidade, então temos uma experiência nela.

E já que avançamos paradigmas para o próximo “nível”, esse fato tem que fazer parte da nossa educação básica. Nesse novo paradigma, não pode mais ser um jogo inconsciente.

O nosso acordo é pessoal, ao nível do ser singular, e também coletivo em vários níveis. Nós, cada um, pertencemos a diferentes coletivos. Uma é a nossa realidade imediata compartilhada por outros que vivem, ou estão, próximos de nós em um nível físico. Outro pode ser acordo ideológico, outro pode ser nacional e outro pode ser coletivo de espécies.

Mesmo em nível de espécie, poderíamos fazer parte de vários coletivos, aqueles que agregaram material genético à nossa “evolução”. Ou, o coletivo onde passamos a maior parte do nosso caminho evolutivo. Muitos círculos concêntricos (círculos dentro de círculos), que “formam” nossa realidade.

O que experimentamos, do ponto de vista pessoal, bem como do ponto de vista social, é o que concordamos com os outros como “real”.

Alguém poderia dizer: “bem, eu não concordo com a guerra em XYZ, então por que ela ainda está acontecendo?” E essa é uma excelente pergunta, você vê, nós apenas nos afastamos de uma realidade onde aqueles que sabiam como o jogo funcionava, trabalhavam muito para fazer um tipo de jogo muito específico. Um baseado no medo. E, todos que nasceram dentro desse jogo em particular, foram sugados pelo medo. Assim, alguns experimentarão a guerra, seja em suas próprias casas, ou ouvirão sobre isso na televisão.

O seguimento cego das “massas” em relação à guerra, assassinato, medo, pagar para viver no planeta, ou qualquer outra crença ridícula que eles consideram necessária, cria o consenso do coletivo humano.

Mas há outra coisa que está acontecendo e não está sendo relatada por medo, por parte dos poderes que foram, que os aniquilará. E eles estão certos, irá.


O despertar e o desacordo das massas para serem levados para onde não querem ir. NUNCA, na história atualmente acessível da humanidade, houve tantos professores despertando, ou indivíduos desejando profundamente avançar em sua própria evolução pessoal. NUNCA. Nunca houve acesso tão livre à informação para quem quiser na história da humanidade. Nunca houve tanto desacordo sobre ter que pagar para viver no planeta, ter que “aceitar” a guerra, a fome, a doença ou os desastres naturais. NUNCA houve tantos indivíduos e grupos focando ativamente sua atenção e intenção em eventos naturais, desastres criados pelo homem e outros acontecimentos potencialmente catastróficos, e PARANDO-OS.

Os antigos poderes estão se esforçando mais do que nunca, tentando criar desastres, usando a Máquina do Medo ao máximo, mas não está funcionando para eles. As pessoas estão dizendo “NÃO” e abrindo seus corações. O tremendo movimento para criar uma sociedade que se preocupa apenas com a sobrevivência pessoal acima de tudo entrou em colapso. Mais e mais indivíduos se colocarão na linha de fogo para dar uma chance àqueles que ainda não podem se ajudar, para lhes dar tempo suficiente para acordar. Tempo suficiente para ver que eles não são vítimas afinal, que eles são de fato poderosos seres eternos que podem se encarregar de sua própria experiência no planeta.

Pode-se pensar, bem, se estamos influenciando os outros, dando nosso voto de concordância ou discordância, não estamos ditando o que acontece com eles? E a resposta é não". Veja, eles são tão poderosos quanto você. E adivinhe, eles vão se mudar para uma realidade em que o seu acordo não vence, mas o deles sim. E você se muda para uma onde o seu acordo rege. Várias linhas do tempo. Vibrações compatíveis se reúnem em realidades compatíveis. Não existem realidades “certas” ou “erradas”, existem apenas realidades diferentes. Eventualmente, isso significará que nos moveremos para uma nova forma de experiência, baseada em um tipo de dança cósmica em que somos os coreógrafos. Neste momento, é claro, há quem lute com unhas e dentes para nos impedir de votar sobre a realidade. E… de ensinar às massas que cada pessoa, cada homem, mulher e criança é um INDIVÍDUO EXTREMAMENTE PODEROSO. Um indivíduo que, quando finalmente aceitar esse fato, processar todo o seu medo em torno dele, e de que os outros sejam igualmente poderosos, será capaz de se mover através do tempo e do espaço em todas as direções, e não mais criar de forma inconsciente, ou temer a realidade com base na visão de outra pessoa de como sua vida deveria ser.

Concordo com um coletivo empoderado, onde cada indivíduo tem o poder de criar CONSCIENTEMENTE sua realidade. É uma grande habilidade que vem com uma enorme responsabilidade. você está pronto para isto? Se essa pergunta lhe deu uma pontada de medo, vá e processe esse medo imediatamente.

Escolha uma pessoa, situação, local, tópico pessoal ou evento mundial com o qual você não concorde. Escreva num papel. Em seguida, desenhe um círculo vermelho ao redor dele e uma linha através dele. Diga as palavras: “Não concordo com isso”. Em seguida, visualize o que você gostaria de ver, com o que você concorda e coloque um visto verde ao lado. É muito, muito simples e rápido. Tanto assim, que se poderia pensar que não é uma mudança de vida, mas é. Tente. Experimente com as grandes coisas, e as pequenas coisas. Use-o todos os dias e observe.


Fonte: https://ineliabenz.com

Tradução: Scheila Adriane

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram